Startup lançada em Santos recebe aporte de R$ 1,7 milhões

A crise e a inflação brasileira têm impulsionado o crescimento das startups que visam economia para a população, bem como o aumento de vendas para o varejo. O caso de sucesso mais recente é o PagPouco.com – site e aplicativo que compara preços em supermercados. O software possibilita a criação de listas pelos usuários para que seja possível descobrir em qual estabelecimento estão as melhores ofertas. Lançado no fim de 2015 em Santos, o projeto chegou à Capital já no início de 2016, em busca de validação e investimentos.

Para Bruno Fernandes, um dos fundadores do PagPouco, o rápido crescimento foi fundamental para o investimento: “Por meio dos resultados que atingimos, fomos selecionados para a Feira Campus Party, que nos gerou mídia espontânea e nos expôs para o mercado. Falamos com muitos investidores e optamos por quem iria agregar mais ao desenvolvimento do negócio”.
 
O PagPouco fechou um acordo de R$ 1,7 milhões com a holding Maxinvest, gerida por Alexandre Nigri. O recurso será empregado principalmente no desenvolvimento de um marketplace. Essa funcionalidade possibilita que os supermercados parceiros façam venda online dos seus produtos. Dessa forma, os clientes podem efetuar as suas compras com comodidade, bem como buscar informações sobre quais estabelecimentos estão com as melhores ofertas.
 
“Tivemos uma forte demanda de pessoas interessadas no projeto. Além do marketplace, lançamos as franquias do PagPouco, que rapidamente criam impacto em outras cidades e nos ajudam a capilarizar o território nacional. Também estamos finalizando o serviço PP Delivery, que será a grande solução para os supermercados que desejam realizar vendas online e entrar no mundo digital” – comenta Ricardo Forte, que também é fundador da startup.
 
Atualmente, o PagPouco cresce 127% ao mês em quantidade de usuários e já possui mais de 53 supermercados parceiros. É uma solução que promete revolucionar o segmento varejista.

Leia mais em: https://www.diariodolitoral.com.br/cotidiano/startup-lancada-em-santos-recebe-aporte-de-r-17-milhoes/87436/